Publicação: 25/10/2016 às 20h00

 

9º CONGRESSO NACIONAL DOS TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DO PLANO DA CNTI

 

 

Em sessão solene pelos 70 anos autoridades e lideranças sindicais

ressaltaram história e importância da CNTI


Autoridades da Procuradoria do Trabalho do Distrito Federal, do Ministério da Trabalho, da seção da Fundacentro em Brasília e dirigentes sindicais representando centrais, confederações e federações de trabalhadores saudaram a história e a importância da CNTI para o movimento sindical brasileiro e para o país. Também ressaltaram a liderança do presidente da Confederação, José Calixto Ramos.


“Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho. Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas. Procure, sempre o fim de uma história, seja ela qual for. ...Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue.” Com a leitura de um texto de Fernando Pessoa, o mestre de cerimônia deu início às homenagens à Confederação e a seu presidente, que recebeu homenagens.


O momento histórico para a Confederação, quando comemora 70 anos de luta em prol dos trabalhadores e trabalhadoras industriários do Brasil foi destacado pelo trabalho realizado com presteza e lealdade para com a classe trabalhadora. E foi lembrado que muitas lutas ainda serão travadas, visando ampliar as conquistas, para obtenção de um mundo do trabalho mais equânime, justo e equilibrado, em que a classe trabalhadora seja tratada e considerada como indutora e partícipe das mudanças no país.


Destaque, também para o lançamento da Revista Comemorativa 70 anos da CNTI, que reflete o que foi, o que é e qual a perspectiva de futuro da Confederação, distribuída a todos os presentes. “Devidamente resgatado um pouco do passado glorioso da CNTI, pode-se afirmar que a Confederação esteve e estará sempre entrelaçada com as lutas em prol da conquista de uma sociedade voltada aos interesses maiores dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. O nosso presente só existe graças ao nosso passado, e o futuro é um desejo plantado nas raízes do vivido”.


“Vivemos um momento ingrato e conturbado para a classe trabalhadora e estamos pagando caro pelos desmandos feitos por pessoas que nos representam e são eles que têm de pagar pelo que fizeram. Diante disso, precisávamos trocar ideia sobre tudo que está acontecendo e tomar um norte. O movimento sindical está atônito, mas não podemos perder a esperança de que tudo isso vai mudar”, avaliou José Calixto Ramos, presidente da CNTI.

 

 

Por Geralda Fernandes

Fotos: Julio Fernandes

Agência Fulltime

 

Leia mais

 

Palestras sobre conjuntura e sindicalismo ampliam debates do 9º Congresso da CNTI

 

Alerta sobre os desafios e emoção marcam Abertura do 9º Congresso da CNTI


9º Congresso Nacional integra programação dos 70 anos da CNTI

 

Palestras

 

Airton - Balanço das Negociações 1o. sem.2016

Airton - Boletim Conjuntura 007

Airton - Notas sobre a proposta das centrais para a PS

Airton - NT 161 PEC 241

Antônio Álvares - negociado, legislado e o futuro do sindicalismo

Floriano Martins - Previdência Social CNTI ( 25.10.16 )

Grijalbo - Palestra no Congresso da CNTI 2016 - Luziânia Goiás

Ladislau Dowbor - 16-BANCOS-6-livro

Marilane - Artigo congresso

Roberto Carvalho - Perspectivas da reforma previdenciaria

 

 

 


Imprimir